domingo, 13, junho, 2021
InícioNotíciasBrasilLadrão que roubou boneco do ET no DF se arrepende, pede desculpas...

Ladrão que roubou boneco do ET no DF se arrepende, pede desculpas e paga o produto

Publicidade

Um boneco do ET que ficava no ponto de apoio para caminhoneiros localizado no Núcleo Rural Café Sem Troco, no Paranoá, foi roubado por um homem que acabou se arrependendo do ato.

José Geneilson Andrade, dono do ponto de apoio, contou que o homem que havia levado o boneco teria entrado em contato com ele por meio do WhatsApp e que teria pedido desculpas.

Publicidade

Segundo ele, o homem teria sido localizado na estrada por outros caminhoneiros e cobrado sobre o furto. Arrependido, ele teria pago o valor de 250 reais ao dono quatro dias após o ocorrido.

Publicidade
Publicidade

“Aí, meu patrão, depositei, tá? Me desculpa pelo transtorno que fiz, pela cagada que eu fiz, me arrependo do fundo do coração”, escreveu ele. As imagens do circuito de câmera mostram quando o homem se aproxima do boneco e o leva.

“Ele entrou no comércio por volta das 12h (de domingo — 28/3), almoçou e tentou passar o cartão para comprar o ET. Mas cartão deu não autorizado. Ele saiu, fumou um cigarro e esperou a funcionária se distrair para pegar o ET e ir embora”, conta José Geneilson.

José contou que os bonecos são feitos por um artista plástico que se inspira nas supostas aparições alienígenas de Varginha (MG).

“Eu encomendo e vendo. Tem bastante comércio para ele”, comentou. Apesar de ter ficado revoltado com o crime, José não procurou a polícia, apenas divulgou o vídeo entre os caminhoneiros para tentar descobrir quem era a pessoa – o que deu certo.

Janehttps://www.facebook.com/EditoraZip
Nascida em São Paulo, onde moro há 20 anos, trabalho na internet há 8 anos escrevendo artigos sobre diversos nichos, como celebridades, curiosidade, relacionamento, etc. Procuro sempre trazer notícias interessantes, buscando a qualidade e a veracidade. Amo gatos! Contato: [email protected]
- Publicidade -

POSTS RECENTES

COMENTÁRIOS RECENTES